Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trump, o apanhado do clima

por Gajo, em 02.06.17

trump.jpg

Lá teremos de falar sobre o Trump. Vocês vão dizer: "epá, isso é coiso, o gajo é assim e cenas", e eu respondo "verdade, mas assim vá, tem de ser, porque a batata tem casca". Não, ainda não estou maluco, mas esta introdução serve para começarmos a raciocinar com a lógica do Donald Trump. Senão vejamos: disse o Senhor Presidente, aos cidadãos americanos, que os Estados  Unidos da América (com a saída do acordo climático) vão poluir mais o ambiente, mas "vão ter o ar mais limpo". Espetacular. Portugal ainda entendo que o Cavaco tenha ganho eleições, agora os EUA elegerem um presidente com a desenvoltura intelectual de cabide de estanho, nunca imaginei. Trump chegou a dizer que a "laca que usava", no pano ratado a que chama cabelo, "não afetava  o ozono porque a usava dentro de casa e o apartamento onde vive é selado". A pena é não usar a laca com o bico do fogão ligado. Aliás, e já que o apartamento é selado, quando se fosse deitar, ligava o carro dentro do quarto, e provava assim, que os gases do seu carro até eram benéficos para o mundo. E eu que cheguei a dizer que o G.W. Bush era burro… E é, mas este magano, estica-se.

 

Com a decisão de rasgar o acordo climático, Trump, arranjou mais dois amigos, e entrou para o restrito lote de países onde os presidentes estimulam os fumadores a cheirarem escapes de carros, para combater o tabagismo e limpar o pulmão do tabaco. Falo do presidente da Síria e da Nicarágua (que saiu do acordo por razões diferentes), líderes de fino recorte, que, tal como Trump, acham que isto do aquecimento global é uma treta, pois a noites continuam frescas, e sem um lençolinho não pregam olho.

Espero que não digam a esta malta que a terra é redonda para não complicar. Ainda pedem para os cientistas provarem isso numa caminhada a pé, e  lhes digam como é que uma coisa é redonda quando é sempre a direito. Brincam mas esta rapaziada não se deixa levar assim à primeira. Não é aparecer um gajo do nada a dizer que são precisas árvores para haver oxigénio que eles acreditam. Até acho que eles duvidam que sem oxigénio não lhes nasce duas guelras nos cotovelos.

 

Trump, para mim, é maior prova viva que o clima está todo marado, sendo que o sol o afeta particularmente. Não sei se repararam ontem, mas além de ser um homem laranja é a única pessoa no planeta que tem olheiras brancas. Ah, vocês são terríveis. Também pode ser isso sim. É verdade que ele gosta de levar com aquele xixizinho morninho enquanto faz sexo. Aquela "chuveiradazinha marota" sem precisar de ir à casa de banho. Aquilo com uma colherinha de açúcar até funciona como chazinho com paladar a frutos do bosque. E sim, as olheiras brancas podem ser as marcas dos óculos protetores que evitam os jatos indesejados nas meninas-da-vista. E como a zona das olheiras não apanha o calorzinho fica clarinha e não "bronzeia". Bem-visto.

 

Mas o Trump não é apanhado do clima só por isto. Também gosta "de agarrar as mulheres pela vagina". Já estou a ver a Melânia com uma barba na xarica à Fidel castro a servir de Yo-Yo.

 

Deixaram um maluco comandar o país mais poderoso do mundo, ou dos mais, agora resta aguentar. Se ele não quer saber que mundo vai deixar aos filhos e aos netos, acham que está preocupado connosco ou com alguém, além dele?

 

O mundo está um lugar ótimo para viver, não acham?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:19


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Daniel simoes a 02.06.2017 às 15:24

Sr. Gajo, sabes que sou um tipo que gosta a brava do que escreves, principalmente quando brincas como o pagode. Só que ha sempre um só, meteste a caneta no tinteiro da politica e aí como sabes é um vespeiro. Como sei que gostas de informaçao tomo a liberdade de te inviar um texto, talvez vas refletir sobre o que escreveste.
Um abraço
VOCÊ, QUE CRITICA A SAÍDA DOS EUA DO ACORDO DE PARIS, FAZ A MÍNIMA IDEIA DO QUE COMENTA OU, TAL COMO OS CARNEIROS, BALE CONFORME O ASSOBIO DO "PASTOR"?

O Acordo de Paris sobre o clima é um resultado de COMPROMISSOS TEMPORÁRIOS entre alguns dos países que MAIS têm a lucrar com as ETS ( sistemas de Emissões de Carbono) ao MESMO TEMPO que perpetuam a pilhagem de Recursos e a degradação de terras.
As tecnologias "verdes" destinam-se a abrir novos campos de investimento, na qual a UE tem o papel dominante e pensa que os seus Grupos Corporativos têm vantagens comparativas.

E AGORA, SE QUISER, APRENDA:

O aquecimento global antropogénico, ou seja causado pelo homem, é um conceito que NUNCA passou de uma hipótese e que se tornou num dogma absoluto sem ser validado. Em síntese, é uma IMPOSTURA!

VEJAMOS:
A concentração de CO2 (dióxido de carbono) na atmosfera é de 400 partes por milhão.
O CO2 antropogénico é 4% deste total.
Comparando a atmosfera da Terra a uma torre de 100m, todo o CO2 da atmosfera ocuparia 4cm dessa torre. E o CO2 antropogénico ocuparia uns esmagadores 1.6mm dessa torre de 100m.
Só as térmitas emitem mais CO2 que toda actividade humana.
Deveríamos pois declarar guerra às térmitas?

A tese do aquecimento global antropogénico tem o seu fundamento no facto de haver uma correlação entre o aumento da temperatura da Terra e o aumento da concentração de CO2 entre 1977 e 1998. Mas NÃO HÁ correlação alguma entre estas duas propriedades nem antes nem depois deste período.
Desde finais do Séc. XIX a temperatura da Terra atravessou várias fases de aquecimento e de arrefecimento enquanto que o CO2 esteve continuamente a subir.

Determinar uma relação de causa/efeito a partir de um período tão curto na escala das ciências da Terra como é o período de 77 a 98 é como julgar um filme por um único fotograma.
ENTENDIDO?!

ENTÃO CONTINUEMOS:

Os dados originais da temperatura da troposfera medida por satélite deste 1979 até ao presente são disponibilizados pela Remote Sensing Systems e pela Universidade de Alabama.
A verdade dos factos é que NAO HÁ NENHUM AQUECIMENTO DA TERRA desde 1998 até 2015.
Há um pico em 1998 e outro em 2016 causados pelo "El Niño", que NADA têm a ver com o CO2.

Tantos anos sem "aquecimento global" fez com que uma nova expressão entrasse no léxico da opinião pública: as "ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS" - Termo vago e ambíguo que serve para tudo:
Vaga de calor? Alterações climáticas!
Vaga de frio? Alterações climáticas também!
Se há sol, se há chuva, se há vento, se há ciclones, se não há ciclones, tudo cabe nesta definição.

Em relação ao suposto derretimento das calotes polares podem consultar as medições por satélite da extensão de gelo nos pólos ( http://arctic.atmos.uiuc.edu/cryosphere/ ).
Observando estes dados conclui-se que a variação da extensão de gelo é sobretudo a VARIAÇÃO SAZONAL Verão/Inverno.
Dentro desta sazonalidade as extensões de gelo têm sido bastante estáveis.
Não obstante observa-se um ligeiro decréscimo no Ártico e um ligeiro aumento no Antártico. Mais uma vez, a verdade dos factos é muito diferente da propaganda.

POR FIM:

O combate às "alterações climáticas" NÃO RESOLVE NENHUM REAL PROBLEMA AMBIENTAL!
Nunca é demais alertar para a campanha ideológica que rodeia este conceito, como referem as Teses. É um pretexto para mais impostos, para energia mais cara por meio de subsídios e taxas, e como a grande maioria da energia para transportes e electricidade vem da queima do petróleo, carvão, e gás natural, limitar as emissões de CO2 é nada mais que condicionar o desenvolvimento económico, em especial dos países mais pobres, condenando assim à pobreza e à miséria centenas de milhões de pessoas com o argumento das "alterações climáticas".

E AGORA, VÃO CONTINUAR A FAZER DE CAIXA DE RESSONÂNCIA, OU VÃO ENFIM DAR CORDA A ESSE ÓRGÃO QUE TÊM DENTRO DA CAIXA CRANIANA

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga o Gajo no Facebook


Mais sobre mim

foto do autor










Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D



Os que já se arrependeram...

Histats